Rotina de concurseiro: confira como criar uma mais produtiva

6 minutos para ler

Quem está tentando passar em um concurso público sabe que um dos maiores problemas enfrentados é conseguir se organizar para estudar tudo que vai cair durante o exame. Ir para a prova sabendo que você conseguiu absorver o conteúdo é fundamental para se sentir seguro durante este momento tão importante.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para que você possa criar a sua própria rotina de concurseiro e assim alcançar a sua tão sonhada aprovação. Confira!

Descubra o seu ritmo de estudos

Antes de partir para a estruturação do seu plano de estudos, um passo importante é descobrir o seu ritmo de estudos, isto é, a forma que você se sente mais confortável para estudar. É bem provável que isso vá ficar dependente do horário disponível para o estudo que você terá, mas em um primeiro momento você não precisa pensar nisso. Reflita sobre a forma de estudo com a qual você está mais habituado.

Você é uma pessoa mais diurna ou prefere o período da noite? Gosta de fazer longas baterias e maratonas de estudo ou prefere um estudo mais fragmentado? De que tipo de ambiente você gosta mais: ao ar livre ou um lugar mais aconchegante e isolado? Você prefere silêncio total ou estuda melhor ouvindo música? Todas essas são perguntas extremamente válidas para você conseguir chegar ao ritmo de estudos em que você rende mais.

Crie um cronograma para sua rotina de concurseiro

Crie seu plano de estudos com base no seu ritmo e no seu tempo livre. Um plano de estudos nada mais é do que a sua estratégia para conseguir dar conta de toda a matéria que deve ser estudada para a prova.

Para fazer isso, você deve pegar toda a matéria que vai ser cobrada e dividir pelo tempo disponível que você tem para dedicar aos estudos. Não se esqueça de considerar aqui que você pode ter mais dificuldade com algumas matérias em relação às outras. Sendo assim, é importante reservar mais tempo para essas matérias.

Outra dica importante é intercalar os conteúdos. Misture matérias de dificuldades diferentes em um mesmo período de estudo. Por exemplo: se para você Constitucional é mais fácil e Administrativo é mais difícil, opte por estudá-las no mesmo dia.

Não faça um “dia de tortura” somente com Administrativo, porque o seu estudo vai render menos. Mescle os dois, dando mais tempo para a matéria mais difícil para você. Isso vai deixar a aprendizagem menos massante.

Defina horários específicos

Não faça o seu plano com estimativas de horários. Por exemplo: “estudar Constitucional entre 20h e 22h”. Seja o mais específico possível! Defina horários exatos e respeite-os. Se você definiu que tem 15 minutos de pausa, faça apenas 15 minutos de pausa. Não espere o relógio voltar para um número redondo ou múltiplo de 5 para voltar a estudar. Não há problema nenhum em voltar aos estudos às 19:47.

Ter a disciplina de respeitar o que você acordou consigo mesmo é o que vai tornar o seu cronograma não só uma agenda, mas um hábito. Sendo assim, respeite os seus horários.

Entretanto, é importante que você faça um refinamento desse cronograma. Não adianta ele ser perfeito na teoria se ele não for possível na prática. Pensando nisto, realize uma análise a cada mês para verificar o que está funcionando e o que não está. Conserte o que está dando errado e siga em frente. Você verá que assim não demorará muito para achar o seu método ideal.

Use um bom material

Este é um ponto importante que não pode ser negligenciado. Ter acesso a um bom material de estudo é essencial para o seu sucesso, já que ele é a base sobre a qual você vai construir todo o seu conhecimento. Por isso, use livros e apostilas gabaritadas e renomadas no mercado. Não corra o risco de acabar estudando informações erradas ou desatualizadas.

Mantenha-se motivado

A motivação é uma peça-chave para todo concurseiro. Isso porque, quando o cansaço chega (e ele chegará), somente ela te impulsionará a continuar no percurso. Portanto, faça de tudo para se manter motivado. A perda da motivação é a morte de qualquer concurseiro.

Para manter essa ideia fresca na sua mente, você pode usar algumas estratégias, como: anotar os motivos de você estar fazendo este concurso, fazer um vídeo contando o que você sonha para o futuro, criar uma lista de coisas a se fazer quando você passar. Quando estiver cabisbaixo, essas ferramentas serão ótimas coisas para você revisitar.

Faça resumos

Escrever resumos das matérias é uma ótima forma de estudar. Além de ajudar a fixar melhor o conteúdo que está estudando no momento, isso também vai te auxiliar bastante na hora que tiver que revisar a matéria, o que acaba poupando tempo precioso. Por isso, não deixe isso de fora da sua estratégia de estudos.

Tenhas hábitos saudáveis

De nada adianta se esforçar no estudo se isso sacrificar a sua saúde, já que ela está ligada de muitas formas ao seu rendimento nos estudos. Sendo assim, cuidar dela é essencial para manter a sua rotina de aprendizado.

Um cuidado especial que você deve ter é com o seu sono. Já está comprovado que o sono tem uma relação com a memória, auxiliando na fixação do conteúdo estudado no dia. Desta forma, se privar do sono em prol do estudo pode acabar se tornando um tiro no pé, pois essa estratégia não é eficiente a longo prazo, além de prejudicar a sua absorção das matérias.

Não pare de viver

Quando estão em período de concurso, muitas pessoas acabam “parando de viver”, isto é, cortam todo o convívio social, todo o seu entretenimento e os momentos de lazer com amigos e família, tudo isso com o objetivo de liberar tempo para estudar.

A curto prazo, pode até ser que funcione. Afinal, você terá de fato mais tempo disponível. Porém, a longo prazo, isso torna esse momento ainda mais cansativo. Isso porque nós, como seres humanos, precisamos destes momentos. São estas situações que aliviam o estresse e nos dão energia para voltar aos estudos com todo gás.

Sendo assim, não utilize isso como estratégia de estudo. Reduza a frequência destas coisas, mas não as abandone. Uma dica é colocar estes momentos como prêmio. Sempre que você alcançar alguma meta de estudo, você se dará o direito de sair e ir ao cinema, por exemplo. Desta forma, você não se isola e se mantém motivado nos estudos.

Curtiu essas dicas sobre rotina de concurseiro? Então compartilhe esse artigo nas suas redes sociais! Assim você pode ajudar algum amigo seu que esteja nessa mesma situação!

Posts relacionados

Deixe um comentário