7 concursos federais para ficar de olho e se preparar!

7 minutos para ler
Banner GeoTextoPowered by Rock Convert

Está chateada por não ter passado em nenhum concurso público em 2017? Anime-se! 2018 também promete grandes oportunidades. E, para que você se prepare com mais tempo e obtenha os melhores resultados, elaboramos uma lista de concursos federais para acompanhar.

A estabilidade, os altos salários e os benefícios — vale-alimentação, vale-refeição, vale-transporte, etc — de um concurso público federal são verdadeiras motivações para a rotina pesada de estudos de um concurseiro.

Porém, se você está se preparando para seu primeiro concurso e está com dúvidas sobre por onde começar, temos algumas dicas de como dar seus passos iniciais. Continue a leitura e saiba mais!

Concursos públicos federais: como acompanhar e preparar-se

Ser concursado é uma ótima chance para quem busca uma vida financeira tranquila. Mas, para isso, é preciso muita organização, força de vontade e preparação.

Aconselhamos que você tenha um ciclo de estudos e encontre as melhores técnicas para garantir o sucesso no concurso que deseja. Desse jeito, você consegue gerenciar melhor seu período de estudos e descobrir qual forma de estudar é mais apropriada para o seu perfil.

Estar atenta às notícias de concursos públicos é lei! Acompanhar sites e perfis em redes sociais que falam do assunto é uma ótima opção. Outra dica é fazer um curso preparatório, pois além de aprender sobre as matérias abordadas no concurso pretendido, você conhecerá novas pessoas para trocar experiências e novidades.

Pode parecer óbvio, mas leia atentamente o edital e, também, revise editais e provas anteriores. Dessa forma, você conseguirá ter uma ideia do que esperar do exame e da banca organizadora.

É comum que o concurseiro se dedique mais às matérias que tem dificuldade — e é uma boa estratégia —, mas jamais subestime disciplinas básicas, como Língua Portuguesa, Matemática e Informática, combinado?

Ademais, para ajudá-la com o controle da ansiedade, saiba determinar um tempo para cada atividade do seu dia a dia. Relaxe com a família, assista a um filme e faça atividades físicas regularmente.

Agora, conheça 7 concursos federais para acompanhar e garantir uma vaga em 2018!

1. INSS

O Ministério de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) está analisando uma solicitação de 16.548 vagas para o INSS, de modo que 7.580 são previstas para o concurso de 2018.

3.941 vagas são para o cargo de técnico do seguro social (que exige ensino médio completo e tem vencimentos no valor de R$ 5.344,87), 1.493 vagas são para analistas (graduados em áreas que ainda não foram informadas e com remuneração no valor de R$ 7.954,09) e 2.146 vagas são para perito (para formados em medicina e com salário de R$ 10.616,14 mensais).

Como ainda não saiu o edital, confira informações — como taxa de inscrição e conteúdo para estudos — no edital do concurso INSS 2015 . Aliás, lembre-se de estudar a Reforma da Previdência para se tornar o próximo aprovado no INSS!

2. Ibama

Assim como no caso do INSS, ainda não há um edital. Sabe-se, porém, que o Ibama solicitou 1.630 vagas ao MPDG.

Serão 610 vagas para o cargo de técnico administrativo (exigível formação em curso técnico equivalente e com salário de R$ 4.454,94), 750 para analista ambiental (ensino superior completo em qualquer área e remuneração de R$ 8.931,84) e, por fim, 270 para analista administrativo (ensino superior completo em qualquer área e vencimentos também de R$ 8.931,84).

Ibama ainda não informou quais estados serão contemplados com as vagas dispostas no concurso aguardado, mas espera-se que todas as regiões recebam novos servidores.

Nos últimos concursos, além das disciplinas básicas, foram cobrados muitos conhecimentos específicos para os três cargos. Para mais informações, sugerimos a revisão do edital do concurso Ibama 2014.

3. ICMBio

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) solicitou ao MPDG o preenchimento de 1.132 vagas, distribuídas entre cargos dos níveis médio e superior.

As vagas de ensino médio serão para os cargos de técnicos administrativo e ambiental — com remuneração de R$ 4.408,94 —, e as vagas para quem tiver formação em qualquer curso superior serão para os cargos de analistas administrativo e ambiental — com salários de R$ 9.389,84 mensais.

Sobre o concurso ICMBio 2014, o exame contou com 120 questões: 50 para conhecimentos básicos e 70 para conhecimentos específicos. E as vagas foram concedidas para diversos estados.

4. Receita Federal

Um relatório de auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) aponta que a carência de servidores é um risco que pode impedir o cumprimento dos objetivos organizacionais.

Em outras palavras, a falta de funcionários pode gerar queda na arrecadação do país. Diante disso, fica evidente a emergência do concurso que aguarda liberação do MPDG.

A solicitação é de 630 vagas para auditor fiscal e 1.453 vagas para analista tributário, totalizando 2.063 vagas. Para ambos, é exigido ensino superior completo em qualquer área, e os vencimentos iniciais são de R$ 19.669,01 para auditor e R$ 11.132,21 para analista.

5. Ministério da Fazenda

Um pedido de 1.312 vagas foi protocolado no Ministério de Planejamento, destacando-se as 904 vagas para o cargo de assistente técnico-administrativo, com salário inicial de R$ 4.137,97 e requisito de ensino médio completo.

Na última seleção de assistente, em 2014, as vagas foram distribuídas por todos os Estados, exceto SP e DF. Com relação à prova, foram cobrados conhecimentos básicos em Português, Matemática, Atualidades, etc, e conhecimentos específicos em Gestão de Pessoas, Ética do Servidor, Administração Pública Brasileira e Regime Jurídico dos Agentes Públicos.

Já para quem tem ensino superior completo, as oportunidades serão de analista técnico administrativo (257 vagas para pessoas formadas em qualquer área), administrador (11), engenheiro (15), arquiteto (12), pedagogo (6), arquivista (9), bibliotecário (12), contador (53), psicólogo (6) e técnico em Comunicação Social (22).

Para o cargo de analista, na seleção de 2013, foram cobrados conhecimentos específicos em Direito Constitucional, Direito Administrativo, Gestão Pública, Administração Geral e Contabilidade Geral e Pública.

6. Ministério Público da União (MPU)

Com edital adiado para 2018, muitas pessoas consideram trabalhar no MPU o emprego dos sonhos! Isso tudo devido ao status de atuar no maior órgão de fiscalização do Brasil e, claro, por causa do pacote de benefícios.

Os cargos são de técnico administrativo (com salário de R$ 7.260,41 e requisito de ensino médio completo) e analista de Direto (com remuneração de R$ 11.345,90 e exigência de graduação na área).

Vale ressaltar que, no último concurso, em 2013, foram mais de 5 mil nomeações! Ou seja, muito além do anunciado no edital (147 vagas). Além disso, há um reajuste salarial programado para até 2019. Bacana, não?

Para ter uma ideia de taxa de inscrição, conteúdo para estudos e demais informações, confira o edital do concurso MPU 2013.

7. Polícia Rodoviária Federal (PRF)

A PRF aguarda aval do MPDG para realizar um concurso com 2.778 vagas para o cargo de policial rodoviário federal. Será exigido idade entre 18 e 65 anos, ensino superior completo em qualquer área e carteira de habilitação na categoria B ou superior. O salário é de R$ 9.501,98.

Para esse cargo, prepare-se para estudar muitas áreas de Direito, como Direito Processual Penal, além de Legislação, Física, Ética e conhecimentos básicos.

Agora que você já conhece algumas incríveis possibilidades, mantenha o foco nos estudos e prepare-se! Lembre-se: para que 2018 seja o ano da sua vitória, só depende de você!

Gostou do nosso conteúdo sobre concursos federais para acompanhar? Precisa de auxílio com os estudos? Entre em contato conosco! Queremos ajudá-la!

Banner GeoTextoPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário