Carreira de servidor público: o Ministério Público da União é para mim?

6 minutos para ler
Banner GeoTextoPowered by Rock Convert

O concurso público é a principal forma de conseguir um cargo em alguma entidade governamental. Esse tipo de carreira é cada vez mais valorizada no Brasil, visto que oferece muita estabilidade e bons salários.

No entanto, trabalhar para o governo também tem suas desvantagens, como o excesso de formalidade, por exemplo. Além disso, ingressar em um concurso público não é uma tarefa fácil, sendo necessário muito estudo, dedicação e abdicação.

Desse modo, é importante saber quais são os cargos disponíveis e as características do dia a dia de trabalho, a fim de escolher se esse é o concurso mais adequado para se inscrever de acordo com suas expectativas e objetivos de vida.

Neste post, falaremos sobre como é a carreira de um profissional que trabalha no Ministério Público da União e, assim, você poderá descobrir se esse concurso é o melhor para você. Confira!

O que é o Ministério Público da União?

O Ministério Público da União compreende as seguintes áreas:

  • o Ministério Público Federal (MPF);
  • o Ministério Público do Trabalho (MPT);
  • o Ministério Público Militar (MPM);
  • o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Sua função é promover a defesa da ordem jurídica. Dessa forma, esse Ministério deve zelar pelo cumprimento das leis e por sua observância. Nesse contexto, é feita a defesa do patrimônio nacional, do patrimônio social e do público, do patrimônio cultural, do meio ambiente, dos direitos e interesses da sociedade, do coletivo e individuais — em especial das comunidades indígenas e da família, o que inclui os direitos da criança, do adolescente e do idoso.

Assim, o defensor público advoga os interesses do povo. Também é sua função promover o controle externo da atividade da polícia, que engloba a investigação de crimes, instauração de inquéritos policiais, a responsabilização dos culpados, o combate à tortura e a abolição dos meios ilícitos de provas, por exemplo. Desse modo, os membros do Ministério Público da União possuem liberdade para pedir a absolvição de um réu, mas também para acusá-lo.

Quais são os cargos disponíveis nesse Ministério?

Segundo a portaria número 84, de 30 de agosto de 2017, existem dois cargos disponíveis para o concurso no Ministério Público da União. São eles:

1. Analista do MPU

As principais funções de um Analista do MP incluem a prestação de auxílio aos membros do Ministério Público, Procurador de Justiça ou Promotor, no exercício de suas ações institucionais, o que se dá por meio da elaboração de pareceres, recursos e outras peças processuais.

Além disso, deve-se realizar pesquisa doutrinária e jurisprudencial sobre tema jurídico determinado, além de tarefas administrativas, como a produção de ofícios, controle da pauta de audiências e sessões, por exemplo.

Dessa forma, o analista do Ministério Público atuará na infraestrutura do serviço ministerial e o assessorará interna e externamente.

O cargo é direcionado para profissionais com nível superior completo em Direito, sendo que a Habilitação Legal Especifica deve ser devidamente reconhecida. Não é necessário ter experiência profissional ou registro profissional no órgão de classe competente.

2. Técnico do MPU

O técnico do Ministério Público deve auxiliar na prática dos atos judiciais e na instrução e acompanhamento dos processos administrativos e extrajudiciais. Além disso, desempenha funções técnico-administrativas, como elaboração, avaliação e execução de planos, projetos e programas; levanta dados de pesquisa para dar suporte administrativo relacionado ao orçamento, finanças e controle interno; atua na atividade de contratação de serviços e compras de bens; organiza eventos; publica documentos oficiais e outras funções.

Em resumo, sua atuação é a de apoio administrativo. Desse modo, suas atribuições incluem auxílio às autoridades nos processos internos do ministério, atendimento ao público e rotinas para apoio efetivo do setor administrativo.

Para ocupar esse cargo não é necessário ter ensino superior, mas é preciso ter ensino médio completo. É interessante que o profissional que deseja se candidatar à vaga tenha conhecimentos na área de administração e finanças.

Como são as características e condições de um cargo na área pública?

Grande estabilidade

Na iniciativa privada, um trabalhador que possui carteira assinada pode ser demitido a qualquer momento e por qualquer motivo. Na carreira pública, após 3 anos de atuação, o servidor não pode ser demitido, visto que é garantida a estabilidade de seu cargo.

No entanto, existem regras a serem cumpridas no Estatuto ou Regimento do concurso prestado. O trabalhador só será dispensado se cometer uma falta grave que conste nesses regulamentos e após uma sentença judicial, em que é garantido o direito de defesa.

Formalidade excessiva

Processos longos e burocráticos existem em todas as esferas, seja na área privada ou pública. No entanto, em instituições governamentais, a fim de dificultar a corrupção, há excesso de formalidades e protocolos a serem seguidos.

Além disso, a formalidade também se aplica ao vestuário e ao ambiente de trabalho.

Salários de alto nível

Para o mesmo nível de escolaridade, seja graduação ou ensino médio, a carreira pública oferece melhores salários que a iniciativa privada. Isso porque pessoas sem diploma de ensino superior podem chegar a ganhar mais de R$10.000 mensais, o que dificilmente acontecerá em empresas.

Além disso, quem é formado em Direito e deseja ocupar o cargo de Analista pode chegar a ganhar o Teto Constitucional.

Qualidade de Vida

O número de horas semanais é previsto no concurso. Desse modo, trabalhadores da esfera pública raramente cumprirão horas extras e não receberão por elas, o que acontece com frequência na iniciativa privada.

Assim, quem ocupa um cargo no MPU pode se dedicar mais à família, ao lazer ou até se aperfeiçoar em algo de seu interesse. Outra vantagem é que alguns concursos determinam férias e recessos no final e ao longo do ano.

Ascensão profissional

Os funcionários públicos podem ascender na carreira, visto que desfrutam de sistemas de promoção de cargos e salários por tempo de serviço. Além disso, é possível que, mesmo sem mudar de cargo, o profissional consiga aumentar seu salário por meio da realização de cursos e outras formas de aprimoramento.

A carreira de servidor público é muito vantajosa. Se você pretende prestar concurso em breve, que tal saber um pouco mais sobre mindset para concursos?

Banner GeoTextoPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário