Como fazer redação dissertativa e argumentativa? O que é isso?

7 minutos para ler

Passar no vestibular é um desafio que exige muito estudo e dedicação. O processo seletivo para entrar em uma universidade é difícil, e conta com provas extensas e cansativas.

Uma das partes mais importantes desse processo é a elaboração da redação. Essa etapa é decisiva e responsável por avaliar o conhecimento do candidato, bem como a sua capacidade de organizar ideias e de usar a norma culta da língua portuguesa.

Geralmente o aluno se depara com provas que exigem uma redação dissertativa e argumentativa como parte do processo seletivo. Dessa forma, é preciso abordar o assunto com base no conhecimento do tema proposto — por meio de argumentos coerentes. Se você está em busca de dicas de como fazer redação dissertativa e argumentativa, confira o nosso post!

O que é uma redação dissertativa e argumentativa?

Inicialmente, é importante compreender o que é uma redação dissertativa e argumentativa. O texto desse estilo é caracterizado por explicar um tema, argumentar a respeito, ter uma linha de raciocínio lógica, defender (de forma embasada) o seu ponto de vista, ou mesmo apresentar um questionamento.

A proposta é que o aluno consiga, por meio de fatos e argumentos coerentes, justificar as ideias e opiniões apresentadas. Em resumo, a proposta é abordar o tema e argumentar, por meio de dados e justificativas, que tipo de posicionamento o aluno tem em relação ao assunto. É importante ter clareza nas ideias e evitar divagações na construção desse tipo de redação.

Qual é a estrutura da redação dissertativa e argumentativa?

A redação dissertativa e argumentativa deve ser construída com base em uma estrutura. A seguir, listamos os elementos que devem estar presentes nesse tipo de redação. Confira:

Introdução

É o momento de apresentar o tema, o problema e as ideias que vão ser tratadas no decorrer do texto. Essas primeiras linhas servem para mostrar qual caminho vai ser seguido pelo autor. Dessa forma, a introdução é uma apresentação do que vai ser dito adiante, e tem a capacidade de aguçar a curiosidade do leitor — bem como de fazer com que ele desista da leitura, caso os argumentos apresentados sejam superficiais.

Desenvolvimento

É o texto propriamente dito. O desenvolvimento é o espaço que o autor tem para argumentar sobre o tema em questão e apresentar fatos e dados que sustentem a sua opinião. Cada afirmação ou questionamento deve ser bem embasado e explicado, a fim de transmitir credibilidade e autoridade no assunto.

É importante não deixar lacunas ou ideias soltas nessa etapa do desenvolvimento do texto. Cada vez que você iniciar uma argumentação, conclua o seu pensamento de forma coerente. A dica aqui é não se prolongar demais ou dar muitas voltas para sua explicação, pois como o espaço para a redação é curto, pode ser que você não consiga completá-la de forma correta.

Conclusão

A conclusão da redação dissertativa e argumentativa deve apresentar soluções para os problemas relatados ao longo do texto. É preciso que a conclusão gere, no leitor, a sensação de resolução das questões abordadas — já que o texto apresenta uma introdução e o desenvolvimento do assunto.

É importante estar atento, também, à divisão de cada elemento do texto: a introdução, o desenvolvimento e a conclusão devem ser pensados previamente para evitar que o texto fique confuso. O ideal é que a introdução tenha um parágrafo, o desenvolvimento, de 3 a 4, e a conclusão, mais um parágrafo.

Como fazer redação dissertativa e argumentativa nota 10?

Para conquistar a tão sonhada classificação no vestibular, é necessário desenvolver uma boa redação — além de obter ótimos resultados nas outras etapas do processo seletivo. Uma forma de conseguir uma nota 10 na redação é seguir a estrutura apresentada anteriormente, mas só isso não basta. Separamos algumas dicas que devem ser levadas em consideração na hora de elaborar o seu texto. Confira!

Nunca copie ideias de terceiros

Incluir uma citação de algum autor conhecido pode fazer com o que seu texto transmita mais credibilidade, mas é imprescindível reproduzir a frase de forma correta, bem como atribuí-la ao seu verdadeiro autor. Mas fique atento: muitas citações acabam empobrecendo o seu texto, fazendo com que a sua opinião fique em segundo plano — o que não é a intenção desse tipo de redação.

Além disso, é necessário que o autor desenvolva um texto original, sem a apropriação de ideias de terceiros como se fossem suas. A estrutura, a norma culta da língua portuguesa e a coerência dos fatos relatados são avaliados, mas a criatividade é imprescindível para que o candidato não seja desclassificado.

Evite erros gramaticais

De nada adiantam boas ideias se elas não são transmitidas corretamente. Isso pode acontecer por inúmeros motivos, mas os mais comuns são os erros gramaticais e de concordância. Sendo assim, procure escrever corretamente e, ao fim do processo, releia a sua redação em busca de possíveis erros. Às vezes, por falta de atenção, o seu trabalho pode acabar sendo comprometido.

Opine e critique com sabedoria

Como já dissemos, a redação dissertativa e argumentativa deve ser desenvolvida com base na opinião do autor sobre determinado assunto. Sendo assim, é importante que a sua opinião seja embasada em fatos, dados ou discursos já existentes. Caso contrário, você corre o risco de cair na armadilha da reclamação sem fundamento.

Dessa forma, evite cair no senso comum e desenvolver um texto com argumentos superficiais. Esteja atento a essa questão para evitar ser desclassificado por falta de conteúdo relevante.

Pratique sempre a leitura e a escrita

O hábito de ler e escrever auxilia muito no processo criativo de uma redação, porque o autor está familiarizado com as palavras (seus significados e suas grafias), com as regras de concordância, bem como com a estrutura do texto.

Sendo assim, leia muitos livros, jornais, notícias em sites e blogs, e mantenha-se atualizado sobre os mais diversos temas para conseguir ter boas ideias na hora da prova. Uma ótima dica é pesquisar os assuntos abordados em processos seletivos passados e treinar a sua escrita.

Organize bem as informações

Além de tudo o que já foi tratado neste post, é importante que você organize bem as informações contidas no seu texto para que o leitor consiga entender o seu ponto de vista sem ficar perdido. A redação precisa ser fluida e os parágrafos precisam estar interligados: lembre-se que todos fazem parte do mesmo texto e, por isso, não podem ser independentes.

Sendo assim, esteja atento às informações mais relevantes acerca do tema, defenda suas ideias de forma coerente e mantenha o foco. Muita gente acaba se perdendo no meio da redação por querer abordar temas demais.

Saber organizar as ideias e fazer uma boa redação, além de ser importante para passar no vestibular, contribui muito para a sua vida profissional. Agora que você já sabe como fazer redação dissertativa e argumentativa, que tal entender por que escrever bem é importante para o mercado de trabalho?

Posts relacionados

Deixe um comentário